Prefeitura de São Mateus - Norte do Espírito Santo


COMO CAPITAL DO ESTADO, SÃO MATEUS CELEBRA DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

20/11/2019
  • Em virtude do Dia Nacional da Consciência Negra, celebrado nesta quarta-feira (20), São Mateus passa a ser por um dia a Capital do Espírito Santo, como prevê a Lei 8.790/2007. Para marcar a data, a Prefeitura de São Mateus realizou uma programação especial durante todo o dia. A cerimônia de transferência da Capital do Estado ocorreu pela manhã, no auditório da antiga Prefeitura, com a presença da vice-governadora Jaqueline Moraes, dos secretários estaduais Fabrício Noronha (Cultura) e Nara Borgo (Direitos Humanos), vereadores, secretários municipais, população e movimentos populares organizados. 

  • VICE-GOVERNADORA: INSPIRANDO PESSOAS
  • Jaqueline Moraes falou sobre as políticas afirmativas do Governo do Estado para a comunidade negra, pregou o empoderamento negro e a luta contra o racismo, lembrando que ela e o marido, que também é negro, já foram vítimas de racismo. “Eu sou mulher e negra e já cheguei ao posto máximo do Estado como governadora interina. O médico negro precisa dizer que é médico negro, a advogada negra precisa dizer que é advogada negra, para aquele menino na comunidade, que não teve oportunidade, possa se inspirar nestas pessoas”. 

  • PREOCUPAÇÃO COM A PERIFERIA
  • Representando o prefeito Daniel Santana, que está em Brasília, o vereador Francisco Amaro parabenizou a atuação da vice-governadora e do governador Renato Casagrande na gestão estadual e reforçou aos presentes a preocupação do prefeito com a periferia e com a população negra. 

  • “VISTA MINHA PELE”
  • A secretária municipal de Turismo, Domingas Dealdina, exaltou a importância da transferência da Capital do Estado para um município que possui mais da metade de sua população composta por afrodescendentes. “É um dia de fato de reflexão, para o nosso Município, nosso prefeito tem uma grande preocupação com a periferia de São Mateus, que é formada por mais de 80% de famílias afrodescendentes”.

  • Domingas ressaltou a importância do combate ao racismo. “Não adianta avançarmos em outras políticas públicas e não discutirmos a questão do racismo. Para quem acha que não precisa comemorar o 20 de novembro, que vista a minha pele”.

  • CULTURA NEGRA
  • O Secretário Municipal de Cultura, Armando Mecenas, exaltou o empenho do prefeito Daniel Santana na questão da consciência negra e ressaltou a importância do resgate da cultura negra.

  • REPRESENTANDO O MUNDO
  • O representante das comunidades quilombolas, Joanilson Nascimento (Comunidade de São Cristóvão), destacou o orgulho em ser negro. “Nesse dia que representa todos da cultura e raça negra fico muito grato por estar junto aqui comemorando com os presentes, onde não estou somente representando o Espírito Santo, mas em nível de Brasil e mundo também”.

  • INFORMAÇÃO E INVESTIMENTO
  • O titular da Secretaria Estadual de Cultura, Fabricio Noronha, também enfatizou o combate ao racismo. “Não é preciso somente não ser racista, é preciso combater o racismo com informação, investimento e políticas públicas afirmativas, como as políticas inclusivas de cultura e direitos humanos que nós temos desenvolvido no Governo do Estado.”

  • POLÍTICAS AFIRMATIVAS
  • A gerente de Igualdade Racial do Governo do Estado, Edinéia Oliveira, apresentou uma palestra sobre as políticas públicas de enfrentamento ao racismo desenvolvidas pelo Governo do Estado. Também palestraram sobre políticas afirmativas realizadas em Cariacica Sandro Cabral (Gerência de Igualdade Racial de Cariacica), Cida Araújo (Coordenação da Mulher da Federação das Associações dos Moradores do Espírito Santo), Allyson Marcelo Santos (Gerência de Juventude de Cariacica) e Salomé de Sá (Secretaria de Educação de Cariacica).

  • MAIS ATIVIDADES
  • A programação do Dia da Consciência Negra em São Mateus continuou pela parte da tarde com diversas atividades, como apresentações culturais, exposições e palestras, encerrando com o Samba de Consciência do Grupo Audácia D+.

Lista de Fotos