Prefeitura de São Mateus - Norte do Espírito Santo


PREFEITO DANIEL BUSCA RECURSOS EM BRASÍLIA PARA PERFURAÇÃO DE POÇOS ARTESIANOS

  • A constante salinização do Rio Cricaré, que abastece a população de São Mateus, fez a Administração Municipal ligar de novo o sinal de alerta. Semana passada a água atingiu 777 PPM (partes por milhão), quando o permitido é 220 ppm, e a Prefeitura voltou a operar com os 15 poços artesianos para garantir água potável para a população. Na manhã desta segunda-feira (04/11), em nova análise feita pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) foi constatado pouco mais de 50 ppm, sendo desligados os poços artesianos – que podem ser acionados novamente a qualquer momento.

  • Outro fator preocupa o Executivo Municipal: o óleo que vem atingindo as praias do Nordeste, caso chegue no litoral capixaba, também deverá causar impactos no Rio Cricaré. Já se antecipando ao problema, o prefeito Daniel Santana determinou a criação de um Plano de Ação Emergencial e viajará a Brasília, onde tem audiência agendada com a senadora Rose de Freitas para tratar da liberação de recursos para construção de mais poços artesianos nas zonas urbana e rural.

  • O diretor do SAAE, Renê Kherlakian, que esteve reunido com o prefeito Daniel Santana nesta segunda-feira, lembrou que os carros-pipa continuam abastecendo regiões da zona rural, seguindo um cronograma para não deixar nenhum morador sem água potável. “Contamos também com o apoio da população, para que nos ajude a monitorar os poços artesianos contra vândalos” – frisou Renê.

  • PLANO DE AÇÃO
  • O Plano de Ação Emergencial, envolvendo diversos segmentos do Município, foi feito para ordenar ações a serem tomadas na hipótese das praias e rios de São Mateus serem atingidos pela mancha de óleo que vem se espalhando pelo litoral brasileiro. Detalha sobre atuação de equipes, equipamentos, máquinas, combustível e outras demandas, caso necessário.