Prefeitura de São Mateus - Norte do Espírito Santo


Conferência Municipal discute defesa dos direitos dos idosos

Durante esta quinta (31) e sexta-feira (01), ocorreu no auditório do Centro Estadual de Ensino Fundamental e Médio em Tempo Integral (CEEFMTI) Marita Motta a V Conferência Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa. O evento foi uma iniciativa da Prefeitura de São Mateus, através da Secretaria Municipal de Assistência Social, juntamente com o Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa de São Mateus (COMDDIPI-SM).

Trazendo como tema central “Os desafios de envelhecer no século XXI e o papel das políticas públicas”, a Conferência teve como objetivo debater os principais desafios e questões vivenciadas pelas pessoas idosas no território municipal, além e apresentar as respectivas propostas a serem implementadas pelos órgãos governamentais quanto aos desafios de envelhecer no século XXI e o papel das políticas públicas sobre essa questão.

Abertura

A cerimônia de abertura da Conferência ocorreu na tarde de quinta-feira e contou com representantes da Secretaria Municipal de Assistência Social, Polícia Militar, Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa (CEDDIPI) e COMDDIPI-SM. Na ocasião, Augusta Isabel Scardua, Presidente do CEDDIPI, destacou a importância do evento:

“O Brasil está a caminho de ser um dos países que tem mais pessoas idosas. Não podemos mais fazer de conta que não estamos envelhecendo e nós não estamos preparados para isso. Tanto a sociedade quanto governo. É importante estarmos aqui discutindo qual o papel da política pública diante desses desafios”.

 Sônia Maria Zorzanelli, Presidente do COMDIPI-SM, deu as boas-vindas à todos os presentes e ressaltou o papel da participação de todos durante a programação: “Nós desejamos que todos compartilhem os trabalhos discutidos e tragam suas ideias para que possamos combater a violação de nossos direitos e não apenas lamentar, e sim, batalhar por eles.

A abertura também contou com a participação de integrantes do clube da terceira idade “Bom Viver”, de Guriri, que fez uma apresentação cultural de carimbó.

Para a Secretária Municipal de Assistência Social, Marinalva Broedel, que também ministrou a palestra de abertura da conferência, a realização da conferência é um momento histórico, além de grande relevância de discutir as políticas públicas para com a pessoa idosa e o papel da assistência social nesse aspecto.

“Nós temos executado e garantido os nossos serviços com olhar voltado a essas pessoas para que não haja violação, e que não ocorra o processo de abandono nem de negligência. Tudo isso para que elas tenham os seus direitos garantidos. ”, declara.

Grupos de trabalho

No segundo dia de conferência, ocorrida nessa sexta-feira (01), foi a vez da divisão dos participantes em grupos de trabalho, onde foram discutidas e aprovadas propostas de políticas públicas nas esferas de governo municipal, estadual e federal nas seguintes áreas: saúde, assistência social, previdência, moradia, transporte, cultura, esporte e lazer e educação.

Ao final da conferência houve a eleição dos Delegados que representarão o Município na Conferência Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, que será realizada de 26 à 28 de junho, em Vitória.

Confira a galeria de fotos dos dois dias de Conferência